A erva certa para cada prato

postado em: Curiosidades, Dicas | 0

Com tantas opções de sabores, nos deparamos com aquela dúvida sobre qual tempero combina mais com determinado ingrediente, não é mesmo?

Para ajudar, explicamos o uso de 5 temperos clássicos, presentes no dia a dia da cozinha brasileira. Confira:

1 – Hortelã
Combina com: chás, molhos, geleias, assados e grelhados.
Funciona como: digestivo, analgésico, estimulante e expectorante.

2 – Alecrim
Combina com: pães, sopas, carnes, molhos e legumes.
Funciona como: diurético, digestivo, estimulante, cicatrizante, antisséptico e regulador da pressão arterial.

3 – Coentro
Combina com: camarão, molhos à base de limão, moquecas de peixe e frutos do mar.
Funciona como: calmante, digestivo e ótimo moderador de apetite.

4 – Orégano
Combina com: pizzas, saladas com tomate e pratos à parmegiana.
Funciona como: sedativo, digestivo, diurético, expectorante e estimulante gástrico.

5 – Manjericão
Combina com: molhos e carnes em geral.
Funciona como: diurético, antisséptico e broncodilatador.

Molho de pimenta caseiro

postado em: Curiosidades, Dicas, Receitas | 0

Fácil de fazer e o melhor de tudo: a ardência pode ser controlada!

Vamos aos ingredientes:

  •  200 g de pimenta dedo-de-moça (cerca de 28 unidades);
  •  1/2 cebola;
  •  1 dente de alho grande;
  •  2 colheres (sopa) de azeite;
  •  1 xícara (chá) de vinagre de vinho branco;
  •  1/2 xícara (chá) de água;
  •  1/2 colher (sopa) de açúcar;
  •  1 colher (chá) de sal;
  •  2 folhas de louro;
  •  1 canela em rama;
  •  2 cravos-da-índia.

 

Numa panela média, coloque o vinagre, a água, o açúcar, o sal, as folhas de louro, os cravos e a canela. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar até ferver. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 2 minutos para fazer uma infusão. Transfira para uma jarra e reserve.

Descasque e corte a cebola em meias-luas finas. Descasque e pique fino o dente de alho. Lave, corte as pimentas ao meio e descarte o cabo e as sementes. Fatie cada metade em tiras.

 

Volte a panela ao fogo médio (não precisa lavar). Quando aquecer, regue com o azeite e junte a cebola. Tempere com uma pitada de sal e refogue por cerca de 3 minutos até murchar. Acrescente o alho e mexa por 1 minuto para perfumar. Junte a pimenta e refogue por mais 2 minutos para liberar o aroma e sabor ao refogado.

 

Regue com a infusão, passando por uma peneira, misture e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 10 minutos até a pimenta ficar macia. Desligue o fogo e deixe amornar antes de bater.

 

No liquidificador, bata os ingredientes cozidos (com o líquido) até triturar bem. Atenção: cuidado na hora de abrir a tampa do liquidificador, o vapor de pimenta pode arder os olhos! Sobre uma tigela, passe o molho de pimenta batido por uma peneira de malha bem fina, raspando com a colher para extrair todo o líquido. Transfira para um pote de vidro esterilizado e mantenha na geladeira por até 1 mês.

OBS: se quiser um molho mais picante, mantenha as sementes de algumas pimentas.

Tempero caseiro para carnes vermelhas

postado em: Dicas, Receitas | 0

Perfeito para temperar todo tipo de carne vermelha, desde o filé grelhado até carne de panela. Fica muito bom e é super fácil de preparar:

 

INGREDIENTES:

  • 4 colheres (de sopa) de sal grosso,
  • 1 colher (de sopa) de pimenta do reino,
  • 2 cebolas médias cortada em 4,
  • 1/2 colher (de sopa) de páprica doce ou defumada em pó,
  • 1/2 colher (de sopa) de tomilho desidratado,
  • 1/2 colher (de sopa) de alecrim desidratado,
  • 1/2 colher (de sopa) de semente de coentro,
  • 3 dentes de alho,
  • 1/2 xícara de azeite.

 

MODO DE PREPARO: bata tudo no processador e conserve na geladeira por até 30 dias.

 

DICA: se preferir fazer o tempero seco é só não adicionar o azeite e trocar a cebola fresca por 2 colheres (de sopa) de cebola desidratada e o alho por 1 colher (de sobremesa) de alho desidratado.