A origem do rodízio

postado em: Curiosidades, Notícias | 0

O Brasil é um país com abundância nos tipos de carnes, chegando a ser até a sua marca registrada no mundo afora. Quando falam em churrasco, sempre citam nosso país como o que tem as carnes mais gostosas. Uma coisa que sempre agradou o paladar e as exigências dos clientes foi o rodízio de carnes. Pedindo agilidade e variedade, o rodízio entregava às pessoas exatamente o que procuravam.

 

Sua história começou em Jacupiranga/SP. Nos anos 60, o gaúcho Albino Ongaratto tinha uma churrascaria não muito movimentada na BR-116, onde o seu negócio seguia sem problemas e o churrasco era vendido principalmente aos viajantes que passavam pela estrada. Em 63, uma festa religiosa de São Paulo reuniu milhares de fiéis à churrascaria do Ongaratto.

 

O movimento foi tão grande que as carnes começaram a ser trocadas, pois não estavam acostumados com aquele ritmo frenético de pedidos. Foi aí que Albino teve uma ideia: passou a enviar a todas as mesas as carnes que estavam saindo da churrasqueira, resolvendo a confusão e agradando os clientes com a novidade.

 

Após o acontecimento, moldou-se um novo sistema nas churrascarias, agora pagando apenas o valor fixo para poder se deliciar com todas as carnes da casa. Foi uma solução inteligente e simples, que mudou o rumo do churrasco no Brasil.

Os churrascos mais curiosos do mundo

postado em: Curiosidades, Notícias | 0

Apesar de ser muito querido por aqui, o churrasco não é uma paixão exclusiva do brasileiro. Veja algumas das churrascadas mais curiosas do mundo e a características de cada uma delas.

CHINA

COMO É CHAMADO: char siu

Preparado com vários tipos de temperos, o churrasco chinês é feito com carne de porco assada. Os chineses adicionam queijo de soja e mel para que o gosto do corte fique com um sabor mais característico.

 

MÉXICO

COMO É CHAMADO: barbacoa

Com origem do barbecue (churrasco americano), o barbacoa é realizado com o cozimento de carne de ovelha, vaca ou bode. No entanto, o mexicano também não dispensa servir postas de peixes e hambúrgueres.

 

MONGÓLIA

COMO É CHAMADO: khorkhog

Essa é, possivelmente, a forma mais curiosa. Por lá, os mongolianos fazem seu churrasco em cima de um prato de alumínio feito somente para esse fim.

 

JAPÃO

COMO É CHAMADO: yakitori

Na “terra do sol nascente”, a churrascada é feita com o yakitori que, além de ser o nome do evento, também são espetos grelhados muito populares no Japão – para churrascos, os mais usados são os de frango.

 

GRÉCIA

COMO É CHAMADO: souvlaki

No berço da filosofia mundial, a Grécia utiliza lula, junto com espetinhos de carne de porco banhadas no vinho tinto para fazer seu famoso souvlaki.

10 Pimentas mais consumidas no Brasil

postado em: Curiosidades | 0

Nosso Pão de Alho Picante faz o maior sucesso por seu sabor levemente apimentado e marcante.

Aproveitando esse gostinho, vamos numerar as 10 pimentas mais consumidas no Brasil. São elas:

 

  1. Pimenta-rosa

Grau de picância: 0

 

  1. Pimenta-de-bode

Grau de picância: 8

 

  1. Ají amarelo

Grau de picância: 8

 

  1. Jiquitaia baniwa

Grau de picância: 9

 

  1. Tabasco

Grau de picância: 8

 

  1. Pimenta síria

Grau de picância: 2

 

  1. Cumari

Grau de picância: 8

 

  1. Dedo-de-moça

Grau de picância: 6

 

  1. Chipotle

Grau de picância: 5

 

  1. Malagueta

Grau de picância: 9