Carne estragada: como verificar?

postado em: Dicas | 0

É muito importante saber distinguir quando a carne já não está mais fresca, uma carne estragada pode transmitir várias doenças como salmonela e a bactéria e.coli. É possível identificar a carne estragada até mesmo embalada.

A primeira coisa que deve ser verificado é o prazo de validade, se já estiver vencido ou muito perto de vencer não compre, mesmo que esteja com um valor menor, a carne vencida faz extremamente mal para o organismo. Outra dica é verificar a coloração da carne, se a carne estiver amarelada ou esverdeada está estragada, essas cores diferentes são mofos e bactérias se formando, então não arrisquem. Outra dica importante é, se possível tocar a carne, quando está passada possui uma textura viscosa, um pouco escorregadia, sinal que as bactérias já se proliferaram ali.

A forma mais fácil de saber se a carne realmente está estragada é pelo cheiro. Nosso olfato nunca nos engana em relação ao cheiro de comida estragada, se a carne estiver com cheiro de mofo ou algum odor desagradável passe longe.

Para não correr riscos em relação a carnes estragadas, não arrisque, venha para o seu Clube. Nó possuímos selos de qualidade e certificação que te darão a tranquilidade na hora da compra.

Para conservar, salgue!

postado em: Dicas | 0

A salga é uma tecnologia de preservação da carne que nossos ancestrais usavam antes da invenção da geladeira. Antes da refrigeração, abater um animal de grandes proporções como um bovino ou suíno representava um grande problema, pois ou ele era abatido para uma festa com muitos convidados (e o animal era consumido inteiro na ocasião) ou tornava-se necessário encontrar um método de conservação. A única maneira de preservação da carne antes do século XX era a salga. Adicionando-se sal suficiente à carne, diminui-se a atividade de água impedindo a proliferação de bactérias e pode-se assim, preservá-la por um tempo mais longo.

Existem duas maneiras de salgar a carne. Pode-se envolver o exterior da carne com sal seco e deixar o sal infundir na carne por várias semanas. Este método leva o nome de cura a seco. Outra opção é fazer uma salmoura (salgada o suficiente para uma batata flutuar) e deixar a carne de molho nela por várias semanas.

Aproveite esta dica para preparar uma carne de qualidade. E claro, sem esquecer do Pão de Alho Santa Massa pra acompanhar!