Espaguete de abobrinha

postado em: Curiosidades, Dicas, Receitas | 0

Inovações são sempre gostosas. Então, por que não tentar este espaguete de abobrinha em sua cozinha? Fica pronto em 15 minutos!

13

INGREDIENTES:

– 2 unidades de abobrinha fatiadas fino (use um mandolin);

– 1 colher (sopa) de óleo de coco;

– 1 unidade de abacate avocado ou 1/3 da polpa de um abacate normal;

– 3 colheres (sopa) de azeite de oliva;

– 1 xícara de folha de manjericão;

– 1/2 dente de alho;

– 1/2 unidade de limão-siciliano (suco);

– 1 colher (chá) de pimenta dedo-de-moça, sem sementes, picadinha;

– Sal rosa a gosto;

– Pimenta do reino moída a gosto;

– Ricota esmigalhada a gosto.

 

Em uma frigideira, em fogo médio, salteie a abobrinha no óleo de coco por um minuto e reserve. Prepare o pesto de abacate: bata a polpa de abacate, as 3 colheres de azeite, 1 xícara de folha de manjericão, 1/2 dente de alho, o suco de 1/2 limão siciliano, sal rosa e pimenta do reino moída a gosto no processador ou no liquidificador. Sirva a abobrinha com o pesto, salpicada com a pimenta e, se desejar, com ricota esmigalhada.

A erva certa para cada prato

postado em: Curiosidades, Dicas | 0

Com tantas opções de sabores, nos deparamos com aquela dúvida sobre qual tempero combina mais com determinado ingrediente, não é mesmo?

Para ajudar, explicamos o uso de 5 temperos clássicos, presentes no dia a dia da cozinha brasileira. Confira:

1 – Hortelã
Combina com: chás, molhos, geleias, assados e grelhados.
Funciona como: digestivo, analgésico, estimulante e expectorante.

2 – Alecrim
Combina com: pães, sopas, carnes, molhos e legumes.
Funciona como: diurético, digestivo, estimulante, cicatrizante, antisséptico e regulador da pressão arterial.

3 – Coentro
Combina com: camarão, molhos à base de limão, moquecas de peixe e frutos do mar.
Funciona como: calmante, digestivo e ótimo moderador de apetite.

4 – Orégano
Combina com: pizzas, saladas com tomate e pratos à parmegiana.
Funciona como: sedativo, digestivo, diurético, expectorante e estimulante gástrico.

5 – Manjericão
Combina com: molhos e carnes em geral.
Funciona como: diurético, antisséptico e broncodilatador.

Como preparar conservas frescas de tempero

postado em: Curiosidades, Dicas, Receitas | 0

Para ganhar tempo, evitar o desperdício e ter sempre à mão ervas fresquinhas, siga o passo a passo:

 

1) HIGIENIZAÇÃO

Higienize as ervas, deixando-as de molho por 15 minutos em uma tigela com água e vinagre. Calcule 1 colher (sopa) por litro.

 

2) SEPARAÇÃO

Seque os ramos entre camadas de papel absorvente. Separe as folhas dos talos. Reserve-os para o preparo de caldos.

 

3) FERVURA

Mergulhe as folhas em uma panela com água fervente por aproximadamente 20 segundos.

 

4) BRANQUEAMENTO

Retire as folhas com uma escumadeira e despreze a água. (Esse processo, o branqueamento, preserva o sabor e a cor.)

 

5) RESFRIAMENTO

Resfrie em uma vasilha com gelo por 20 segundos. Escorra a água que se forma e seque as folhas.

 

6) ARMAZENAMENTO

Pique as ervas com a ponta da faca. Apoie a mão sobre as costas da lâmina do utensílio, que deverá estar bem afiada.

 

7) CONSERVAÇÃO

Armazene em potes herméticos no freezer por até dois meses. Identifique-os com etiqueta.