Como preparar cada tipo de carne: bisteca / chuleta

postado em: Dicas | 0

Todo churrasqueiro ou cozinheiro sabe: cada tipo de carne merece o seu preparo especial. Então, para te ajudar, A Santa Massa preparou uma série de postagens onde falaremos sobre qual o tipo de preparo que cada carne merece. Aproveite estas dicas e faça o seu melhor churrasco!

Peça de hoje: Bisteca/Chuleta

Corte: A Bisteca bovina ou Chuleta é um corte extraído do contrafilé, também conhecida como bife de chorizo com osso. A peça é fatiada no sentido transversal separando-se cada vértebra em bifes

Utilização: Graças ao osso e à capa de gordura que envolve cada fatia, a carne se mantém macia e suculenta ao cozimento. No miolo arredondado fica uma polpa de carne nobre entremeada por gordura amarelo-clara. Pode ser preparada tanto na churrasqueira quanto na grelha.

Curiosidade: Na Espanha, recebe o nome de chuletón (uma variante de xulleta, diminutivo catalão de xulla), que significa costela.

Carnes magras: saiba quais são os cortes mais saudáveis

postado em: Dicas | 0

Embora muitas pessoas pensem que as carnes de origem animal são necessariamente calóricas, engana-se quem pensa que comer carne faz mal. O alimento é fonte de minerais, vitaminas e outros nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo, como ferro, zinco, sobre e selênio. Além disso, mesmo para quem quer emagrecer, a carne tem benefícios: rico em proteínas, o alimento é importante para a construção de músculos, para o fortalecimento e recuperação das fibras musculares. Para não sair da dieta, a dica é escolher os cortes mais magros de cada tipo de carne.

Carnes vermelhas mais magras

Entre os cortes menos calóricos de carne vermelha, destacam-se o patinho, maminha, lagarto, filé mignon, coxão mole e coxão duro.

Carnes suínas mais magras

Os cortes suínos menos gordurosos são o lombo, filé mignon, patinho, lagarto, coxão duro e coxão mole.

Carnes brancas mais magras

As carnes de aves, no geral, são as mais magras – desde que você retire toda a pele antes de consumir. Para quem gosta de peixes, os mais indicados para não escorregar na dieta são badejo. Corvina, dourado, carpa, pescado, linguado e truta. Outras espécies, como salmão, sardinha, anchova e atum têm maior índice de gorduras que, no entanto, são saudáveis e trazem benefícios à saúde do coração especialmente.

Sempre asse a carne com gordura

postado em: Dicas | 0

Sempre que possível, as carnes devem ser assadas com a própria gordura. Isto torna-a impermeável e protege-a contra o calor intenso na churrasqueira, evitando que o calor carbonize as proteínas da carne. Se a gordura for retirada antes do preparo, a carne terminará ressecando.

A maioria das carnes para churrasco vem com a sua gordura própria, como no caso da picanha, cupim e costela. Comece assar a picanha com a gordura voltada para cima, deixando que a parte de baixo e forme uma crosta crocante. Vire o lado com gordura para baixo somente no final, para que ela acabe de derreter. Isso garante que a carne fique saborosa como se deve!